9 de abril de 2011

A IMPORTÂNCIA DO PROFISSIONAL FARMACÊUTICO NO COMBATE A AUTOMEDICAÇÃO NO PAÍS

Automedicação é a administração de medicamentos sem orientação ou prescrição médica. O hábito de automedicar-se pode provocar danos à saúde ou mesmo mascarar sintomas de doenças mais graves. O farmacêutico é o profissional que conhece os aspectos do medicamento e, portanto, ele pode dar uma informação privilegiada às pessoas que o procuram, na farmácia.
O Brasil assume a quinta posição na listagem mundial de consumo de medicamentos, estando em primeiro lugar em consumo na América Latina e ocupando o nono lugar no mercado mundial em volume financeiro. Tal fato pode está relacionado às 24 mil mortes anuais no Brasil por intoxicação medicamentosa.
Diante deste contexto, tornam-se necessárias medidas preventivas de modo a contribuir para a diminuição diária de riscos causados pela automedicação e conseqüentemente tornar visível a conscientização da população quanto ao perigo dos efeitos adversos que certos medicamentos podem causar.



Postado por: Ana Paula e Juliana


2 comentários:

Daniel disse...

seria mesmo necessario uma politica de controle com o problema da automedicaçao no Brasil
cada vez mais profissionais de saude precisam estar cientes de sua importancia em esclarecimento ao publico quanto a este problema

iza disse...

O farmacêutico é indispensavel nas farmácias pois ele pode alertar as pessoas que consideram a farmácia como um supermercado sobre os efeitos maléficos que a automedicação pode lhe causar no organismo, pois muitos não tem muita conciência sobre os mesmos.

Postar um comentário